quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Atualização Patrimonial - Janeiro/17: R$ 203.530,91 (+5,02% ou +R$9.734,84)

Faaaala Galera, beleza?!

Mais um mês se passou e, com bastante disciplina, conseguimos aportar bem e atingir o grande marco dos 200mil! Romper essa barreira é bastante satisfatório, não vejo a hora de alcançar os 300mil!

Foram R$2.235,88 em Previdência Privada e R$3.653,00 em dólar (comprados a um valor médio de R$3,32).

Em janeiro ainda não vieram os maiores gastos, apenas uma parcela do seguro do carro (R$410) e o conselho de classe (R$360). Os maiores gastos virão em fevereiro que, somados, totalizarão R$2.000,00. Como o pagamento será a vista, para aproveitar os descontos (30% no IPTU), fevereiro será um mês de aporte praticamente zero.

Vamos aos números:

Cotas Geral:

R$203.530,91! Como é bom ver esse número! Na verdade, ele é até um pouco maior, pois ainda tenho uma reserva em dólar antiga que preferi não contabilizar. Como não sei o valor de compra (não anotava), não sei como inserir na planilha sem que haja distorção nos aportes, alguém tem uma ideia?. Juntando tudo fechamos o mês em R$213.095,35,

Cotas FII:

Recebidos R$47,48 de alugueis, o que representa, aproximadamente +0,85%a.m. sobre o valor de compra. Juntando com algumas valorizações, fechou o mês com +5,85%.

Continuo com a estratégia de antes: sem estratégia. Tipo o cachorro da foto abaixo:


Cotas Ações:

Continuo sem comentários, apenas observando e aguardando uma oportunidade para me desfazer do que comprei sem prejuízo. Pelo menos esse mês recuperou um pouco e fechou o mês em +5,46%.

Cotas CDB:

Cotas Tesouro Direto:


Cotas LCI/LCA:


Cotas outros:


“Dividendos” recebidos de R$500,00.

Cotas Dólar:

Cotas Previdência Privada:


Mês de rendimento positivo em +0,63%, subiu bem pois juntou com 13º

O objetivo continua sendo o de vender o restante de ETER3(-13,79%), LEVE3(-13,68%) e TIET11(-17,01%).

A carteira atual está composta da seguinte forma:


                Abaixo segue a evolução do mês:

Até o próximo mês!!

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Atualização Patrimonial - Dezembro/16: R$ 193.796,07 (+5,33% ou +R$9.800,98)

Faaaala Galera, beleza?! Feliz Natal atrasado!!

Mês de Dezembro foi ótimo no quesito aporte, apesar de ser um período em que se gasta bastante! 

Apertamos os gastos e aproveitamos para aportar todo o 13º! Mais de R$8.000,00 em aporte!

Próximo mês reduziremos o aporte, pois virão os ótimos “investimentos” no Governo (IPTU, Conselho de Classe, IPVA, etc). Além disso, comprarei um pouco de dólar para a viagem de lua de mel no meio do ano!

Fora isso, ótimo mês para os investimentos, exceto para a bolsa, que se recuperou um pouco agora nessa última semana.

Vamos aos números:

Cotas Geral:

Esperava chegar mais próximo dos R$200.000,00, mas não deu! Apesar disso, foi um ano muito bom! Mais de R$100.000,00 de crescimento! Vendemos um dos veículos (30mil) e recebemos uma rescisão em virtude de demissão (20mil). Conseguimos, sem contar com esses valores, aportar quase 40% de toda a renda que tivemos no ano! Acho que chegou o momento em que precisamos focar em aumentar a renda no lugar de reduzir gastos, pois já vivemos de forma bastante equilibrada.

Cotas FII:

Recebidos R$46,63 de alugueis, o que representa, aproximadamente +0,84%a.m. sobre o valor de compra. Juntando com algumas valorizações, fechou o mês com +2,39%. Um FII que me preocupa é o EDGA, desvalorização acumulada de -26,88% em virtude das vacâncias e situação em que se encontra o RJ. Sobre o valor de compra, rende pífios +0,47%, ou seja, menos que poupança!  Como ainda não montei uma estratégia, não sei se compro mais, apostando que irá melhorar, ou se deixo como está.

Cotas Ações:

Sem comentários, apenas observando e aguardando uma oportunidade para me desfazer do que comprei sem prejuízo.

Cotas CDB:

Cotas Tesouro Direto:

Cotas LCI/LCA:

Sobre os investimentos em renda fixa, esperam que no próximo ano haja redução drástica da taxa de juros e, em conseqüência, do CDI. Infelizmente não peguei TD pagando +7% a.a. + IPCA, se o tivesse, teria colocado quase tudo lá. Perdida a oportunidade, vamos surfando de acordo com as opções disponíveis no momento.

Cotas outros:

“Dividendos” recebidos de R$500,00.

Cotas Previdência Privada:

Puta que pariu! Mais um mês de rendimento negativo!!! É IMPRESSIONANTE a falta de competência, ou honestidade, dos gestores do fundo! O “rendimento” só ficou “positivo” pois considero a contrapartida da empresa como tal. Caso contrário, estaria pior ainda!

O objetivo continua sendo o de vender o restante ETER3(-24,14%), LEVE3(-15,75%) e TIET11(-20,19%).

A carteira atual está composta da seguinte forma:



            Abaixo segue a evolução do mês:

Próximo ano terá alguns gastos que precisaremos fazer os quais afetarão os aportes, entretanto, colocamos como meta o valor de R$250.000.00 em 31/12/2017, pois, como não teremos grandes valores a receber como nesse ano que passou, só contaremos com os aportes mensais e rendimentos.


            Até a próxima e Feliz Ano Novo!!

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Atualização Patrimonial - Novembro/16: R$ 183.995,09 (+5,13% ou +R$8.970,88)

Faaaala Galera, beleza?!

Chegou a hora da postagem! Mês de Novembro foi péssimo para a Bolsa, ainda bem que sai com uma boa parte do que havia comprado. As demais ações caíram bastante, então vou “rezar” para que um dia volte a valorizar e eu consiga sair de vez!

Vamos aos números:

Cotas Geral:

Mês positivo para aporte! Conseguimos aportar R$5.968,33 e chegar aos R$183.995,09! Juntou uma parte de 13º, uma substituição eventual de superior e redução de despesas!

Cotas FII:


Mês bem mais ou menos para os FII. Alguns caíram bastante e acho que criaram oportunidades para quem quer investir. De alugueis recebi R$46,52, que representa 0,83% do valor investido.

Cotas Ações:


Novamente um péssimo mês. É nítido que escolhi as empresas erradas para investir. Vamos ver o que vem por ai... Só vejo o gráfico apontando para baixo depois que comprei em Agosto.

Cotas CDB:



Cotas Tesouro Direto:


Tesouro Direto também cresceu pouco esse mês, sem muitos comentários.

Cotas LCI/LCA:


Os R$10.000,00 das vendas das ações no mês anterior foram destinadas para as LCI´s/LCA´s. A princípio estão com carência baixa (180 dias e 365 dias), pois precisarei usar uma parte em Julho/2017.

Cotas outros:


“Dividendos” recebidos de R$500,00.

Cotas Previdência Privada:



Aleluia a Previdência Privada fechou o mês com resultado positivo! Espero que continue com desempenho igual nos próximos meses e tire esse pensamento de arrependimento da minha cabeça!

O objetivo continua sendo o de vender o restante ETER3(-20,69%), LEVE3(-16,48%) e TIET11(-16,10%), porém, não realizarei prejuízo de jeito nenhum. Sei que será muito difícil essas 3 empresas recuperarem, no curto/médio prazo, essa desvalorização.

A carteira atual está composta da seguinte forma:




                Abaixo segue a evolução do mês:


                Fiquei satisfeito esse mês, só não mais pois ainda não consegui vender o resto das ações, mas vamos aguardar.

                Não sei se fiz as contas corretas, mas “recebi” de rendimentos os seguintes valores:

FII – R$46,52 (aluguéis)
Ações – R$24,76 (dividendos)
Outros – R$500,00 (dividendos)
Previdência Privada – R$2.517,36 (R$984,81 de contrapartida e R$1.532,55 de rendimentos)
Tesouro Direto – R$116,61 (rendimentos)
LCI/LCA – R$87,41 (rendimentos)
CDB´s – R$50,80 (rendimentos)
-----------------------------------------------------------------------
Total – R$3.343,46

Como o foco agora não é receber proventos para usar como renda mensal, achei um valor bem satisfatório.


            Até a próxima!


quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Atualização Patrimonial - Outubro/16: R$ 175.024,21 (+1,16%)

Faaaala Galera, beleza?!

Mês de Outubro acabou e chegou a hora da postagem!

Primeiro vamos aos números:

Cotas Geral:
Cotas FII:
Cotas Ações:
Cotas CDB:
Cotas Tesouro Direto:
Cotas outros:
Cotas Previdência Privada:

Mais um mês de prejuízo... dessa vez causado pela Previdência Privada. Eu, sinceramente, não sei nem o que falar.

Fiz algumas simulações e percebi que, juntando todos os meus aportes (incluindo as despesas, como taxa de administração por exemplo) e aplicando na poupança, eu teria, aproximadamente, R$64.559,53. Isso, lógico, sem considerar o abatimento de imposto de renda que eu tenho em virtude desta aplicação, porém não sei como calcular isso.

Então, levando-se em consideração apenas esse número de R$65mil, eu teria liquidez imediata e poderia fazer o que quisesse com ele (inclusive ter um rendimento maior que o de poupança), no momento que eu bem entendesse. Infelizmente, hoje percebo a besteira que fiz ao investir nesta previdência, pois é muito mal gerida e, por ser decorrente de Empresa Pública, corro o risco de tomar prejuízo em virtude de corrupção (se é que isso já não está acontecendo).

Sobre Ações, cumpri o que havia dito no mês anterior, acabei vendendo uma boa parte da carteira. Honestamente, não tenho o conhecimento necessário para esse tipo de investimento e, muito menos, o controle emocional necessário! Não consigo realizar uma compra, fechar o homebroker e esquecer! Não dá! Passo o dia com ele aberto, vou dormir e penso se fiz a coisa certa, ou não. Penso em vender e realizar lucro, penso em comprar para diminuir o prejuízo e assim por diante!

Em resumo as operações foram as seguintes, valores líquidos:

CYRE3 (+0,09%)
Compra: R$10,78
Venda: R$10,79

GUAR3 (+2,77%)
Compra: R$67,43
Venda: R$69,30

PETR4 (+54,08%)
Compra: R$11,41
Venda: R$17,58

SAPR4 (+41,39%)
Compra: R$5,92
Venda: R$8,37

Meu objetivo agora é conseguir vender o restante ETER3, LEVE3 e TIET11, porém, não realizarei prejuízo de jeito nenhum.

Sobre os FII´s acho que agora mostraram para que vieram! Gosto da ideia de receber mensalmente os alugueis. Esse sim acho que vale a pena estudar e começar a investir de verdade.

Sobre Outros fiz um "empréstimo" de R$30.000,00 o qual irei receber de volta durante 12 meses parcelas de R$3.000,00. Vai me render um pouco mais que o normal e, no meu caso, o risco de não receber é quase zero.

A carteira atual está composta da seguinte forma:


                Abaixo segue a evolução do mês:

               A partir desse mês focarei mais em aumentar aporte do que conseguir realizar ótimos investimentos. Creio que se mantiver essa estratégia, chegarei mais longe e com mais saúde mental!

sábado, 1 de outubro de 2016

Atualização Patrimonial - Setembro/16: R$ 173.012,19 (+3,05%)

Fala meu povo, beleza?

Vamos lá, segundo mês de investimentos, segundo mês de prejuízo...

Vamos aos números, depois minhas considerações. Resolvi mudar algumas coisas na postagem para facilitar a leitura de todos e me adequar aos padrões da finanesfera, umas delas é o uso do sistema de cotas do Além da Poupança (obrigado pela planilha!).

Consegui compilar algumas informações aproximadas que tinha guardado desde o começo do ano e eis o resultado.

Cotas geral:

Cotas FII:
 Cotas Previdência Privada:
 Cotas Tesouro Direto:
 Cotas Ações:


Bom, como vocês podem ver, o que me "salva" é a Previdência Privada, que tem um match de 1 para 0,8. Se não fosse isso, meu rendimento mensal seria bastante negativo.

Acredito que não tenho experiência, nem conhecimento suficiente para investir em ações. Os FII ainda acho que valem a pena, pois o rendimento dos alugueis me retornam líquido em torno de 0,85% a.m., o que, para mim, é bastante bom!

Penso nos próximo meses em começar a vender o pouco que investi em ações e passar para FII ou Renda Fixa mesmo.

Continuando com os moldes da postagem antiga, hoje minha carteira está composta da seguinte forma:



E, em resumo, o crescimento foi:



O aporte mensal foi baixo, pois ainda estou me organizando melhor. Espero nos próximos meses melhorar!

Abrs e um bom mês para todos!


quarta-feira, 31 de agosto de 2016

E ai galera, blz?

Antes de tudo, gostaria de esclarecer alguns pontos:

Primeiro: sou totalmente amador no quesito investimentos, então muito cuidado se for seguir alguma coisa que faço! kkkkkkk

Segundo: nunca fiz curso na área, apenas gosto de ler bastante antes de tomar qualquer decisão;

Terceiro: estou aqui para trocar informações, porém, creio que tenho mais a aprender do que a ensinar (espero que um dia seja o contrário, pois quero contribuir com a evolução de todos);

Quarto: pelo que pude notar, ninguém da blogesfera considera FGTS como investimento. Eu levo em consideração, pois, além de gostar de acompanhar (e saber que faz parte do meu patrimônio), tenho um apartamento financiado ao qual irei utilizar esse saldo de 2 em 2 anos para abater (creio que com mais 5-6 anos quito tudo, sem utilizar os recursos investidos, apenas pagando as parcelas mensais e utilizando o FGTS).

CONTEXTUALIZANDO

Acho interessante também explicitar um pouco minha situação antes de mostrar os números.

Sou funcionário público (por enquanto, no momento estou com um plano em andamento para mudar essa situação), 33 anos, união estável e só comecei a me interessar por investimentos esse ano.

Apesar de ser muito controlado financeiramente, nunca ganhei muito bem, e sempre cometia um grande erro: juntava dinheiro com um único objetivo, gastar. Trocar de carro, fazer intercâmbio, comprar apartamento, etc. Então sempre fiquei descapitalizado. Acho que se fosse juntar toda essa grana que já gastei, estaria em uma situação muito mais confortável, entretanto, não me arrependo em momento algum! Graças a Deus tenho uma vida EXCELENTE e com bastante experiências.

Esse ano resolvi mudar essa estratégia (nítidamente não estava dando certo para o que quero do meu futuro) pensando no longuissímo prazo (aposentadoria). Atualmente, de dívida, só temos o apartamento que moramos, o qual financiei em torno de 45% do valor de compra e venho abatendo com o uso do FGTS de 2 em 2 anos (além das parcelas mensais, obviamente). Feito em Dez/14, 30% desse valor já foi quitado. O próximo uso do FGTS será em Jun/18, pois em Jun/16 acabei de fazer um abatimento com um saldo que estava lá.

Atualmente nossa renda familiar é em torno de R$13.000,00 bruto. Graças a Deus tenho uma parceira que pensa muito alinhada comigo. Controlada, reservada e pé no chão. Acredito que chegaremos longe desta forma.

Um último ponto: estamos em busca de outras rendas, pois viver só de salário é nítido que também não dá muito certo, a não ser que se alcance cargos executivos (o que não é nosso objetivo).

Acompanho nossa vida financeira de três formas: Patrimônio Total (Dinheiro e bens imóveis/móveis), investimentos e gastos mensais. Este último não vejo muito sentido em compartilhar.

Nosso patrimônio hoje se distribui da seguinte forma:

PATRIMÔNIO TOTAL



INVESTIMENTOS

Simplificado:
*Crédito para o blog Investidor do ABC (http://investidordoabc.blogspot.com.br/). Utilizei sua planilha como modelo.

Analítico:
*Crédito para o blog Nem Luxo...Nem Lixo! (http://luxo-nem-lixo.blogspot.com.br/). Utilizei sua planilha como modelo.

Minha visão do meu primeiro mês investindo na Bovespa.

Ações: estou seguindo o raciocínio do Investidor do ABC (http://investidordoabc.blogspot.com.br/). Achei bem consistente e sólida a forma de investir em ações que ele utiliza. Espero com o tempo adquirir a experiência e conhecimento necessário para tomar as minhas próprias decisões.
A carteira fechou o mês com +2,39%, o que acho excelente. Penso apenas que demorei demais para entrar nessa onda. Pelo que puder perceber, e tenho visto isso com bastante frequência, é que de janeiro para cá muita coisa subiu a galope. Vejo muitas notícias do tipo: “Aprenda como fulano faturou 50% na bolsa nos últimos meses”. Bom no bom, todo mundo é bom. Deve ter sido relativamente fácil conseguir isso, bastava apenas comprar uma única ação e esperar 6 meses. Quero ver a partir de agora...

FII: Aqui eu me dei BEM mal.

Percebi na prática que para se investir em FII precisa-se ter bastante conhecimento. Pelo que entendi, teria sido mais vantagem ter aplicado esse valor em um CDB com liquidez diária do que receber 0,5% ou 0,6% de aluguel.

Vou continuar estudando e procurando melhores fundos para se investir.

PREVIDÊNCIA PRIVADA: Infelizmente esse mês tivemos uma rentabilidade negativa. Meu medo ao aplicar nessa previdência é justamente esse. Apesar de aportar 12% e a empresa 10%, acho um risco muito grande. Vejo constantemente o governo metendo a mão nesses fundos para investimentos em infraestrutura.

OBJETIVOS

Hoje estamos com alguns planos para 1 ano, 5 anos, 7 anos e aposentadoria, dividos da seguinte forma:

1 ano
  • Viagem de lua de mel e casamento: decidimos fazer no exterior, tudo junto, festa e viagem, assim não gastaremos tanto com festa e já seguimos direto para a viagem;
  • TALVEZ trocar de carro no próximo ano. Nosso carro é 2013 e muito bem cuidado, entretanto, como estamos rodando muito, pensamos em comprar um veículo um pouco mais confortável, mas ainda estamos estudando o aumento dos custos (acho difícil trocarmos);
  • Estamos com um projeto de morar no exterior, então teremos um gasto com isso. No momento prefiro não dar muito detalhes até que se concretize.
5 anos
  • Quitar o apartamento.

7 anos
  • Chegar aos 500mil investidos, esperamos conseguir antes, mas fiz uma projeção BEM conservadora.

Aposentadoria

Bom, esse ponto aqui ainda está em aberto. Não sabemos ainda o quanto será necessário, nem em qual país estaremos morando. Iremos avaliar conforme for passando o tempo.

Estamos abertos à sugestões! :D